Sexta-feira, 19 de maio de 2017 às 15:20 em Novidades
Selo dos 500 anos da Reforma é lançado na Embaixada da Alemanha, em Brasília

No dia 17 de maio, a Embaixada da Alemanha abriu as portas da residência oficial para o coquetel de lançamento do selo Brasil-Alemanha em homenagem aos 500 anos da Reforma Luterana.

O presidente dos Correios, Guilherme Campos Júnior, destacou que foram emitidos 500 mil selos para homenagear aos 500 anos da Reforma e que, mesmo sendo uma grande quantidade, é possível que logo torne-se uma peça rara e valiosa, dada a importância de Martinho Lutero para todo o mundo. Destacou ainda a parceria entre os Correios e o serviço postal da Alemanha.

Juliana Oliveira, analista dos Correios que coordenou a emissão deste selo, conta que os Correios receberam 10 pedidos, entre pessoas físicas e igrejas, para que este tema fosse estampado em selo no Brasil. Paralelamente, o Ministério das Finanças da Alemanha procurou os Correios sugerindo fazer uma emissão conjunta, e os Correios então propuseram o motivo “500 anos da Reforma”. O Ministério aceitou, pedindo que a arte fosse idêntica. Assim foi feito um concurso na Alemanha para a criação da arte, que teve como vencedora a artista alemã, Antonia Graschberger.

O Embaixador da República Federal da Alemanha, Dr. Georg Witschel, falou do legado de Martinho Lutero em diversas áreas. E enfatizou: “Martinho Lutero não foi apenas um teólogo, mas também um entusiasta da música, foi ele que lançou o ditado ‘A música afugenta o diabo e alegra as pessoas’. Muitos cânticos e coros foram compostos por ele, que deixou sua marca muito além da música sacra. Sendo que até uma peça de coral de Lutero foi incorporada à famosa Flauta Mágica, de Mozart, uma novidade para mim, bem interessante. Por isso é apropriado que a apresentação do selo alusivo aos 500 anos da Reforma Luterana, seja homenageada também com música.”

Após o lançamento do selo, os cerca de 90 convidados presentes no evento prestigiaram o concerto do violoncelista alemão Friedrich Thiele, com obras de Johann S. Bach, Heitor Villa-Lobos e outros compositores.

A Vice-Presidente de Comunicação, Aline Gehm Koller Albrecht, representou a Igreja Evangélica Luterana do Brasil e o Grupo de Trabalho dos 500 Anos da Reforma Luterana, que reúne as duas igrejas luteranas. Segundo a Vice-Presidente, foi muito bonito ver esta homenagem conjunta feita pela Alemanha e pelo Brasil reconhecendo a importância de Lutero para a humanidade, sendo a mais importante contribuição o fato de ele ter espalhado ao mundo a Palavra de Deus, que aponta a verdade de que somos salvos pela fé em Cristo Jesus.

A IELB também esteve representada pelos pastores Aramis Hoffmann Jacoby, de Taguatinga, acompanhado de sua esposa Caroline, e Roberto Kunzendorff Junior, do Plano Piloto, com sua filha Sara; e pela senhora Larissa Wachholz; e também o senhor Alfredo Bessow, que fez a cobertura fotográfica. Da mesma forma, a Igreja de Confissão Luterana no Brasil enviou seus representantes, entre eles o pastor sinodal do Sínodo Brasil Central, Dalcido Gaulke. Entre as autoridades civis presentes, estava o Embaixador dos Estados Unidos, Peter Michael McKinley.

Na saída, os convidados foram presenteados com o edital da emissão postal comemorativa, contendo os selos brasileiro e alemão carimbados com a data do 1º dia de circulação, 13/04/2017.

 

Fotos de Roberto Kunzendorff Júnior e Alfredo Bessow

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!